Chapada dos Guimarães, Domingo, 22 de Maio de 2022
TV Chapada Canal 7
Chapada dos Guimarães, Domingo, 22 de Maio de 2022

TV Chapada Canal 7

Chapada dos Guimarães, Domingo, 22 de Maio de 2022

TV Chapada Canal 7

Notícia

Novo Teste do Pezinho abarca 14 grupos de doenças

TV Chapada Canal 7 - Novo Teste do Pezinho abarca 14 grupos de doenças

O presidente da República, Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.154 de 2021, que alterou o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei No 8.069 de 1990), estabelecendo que os testes de rastreamento de doenças de recém-nascidos abarquem 14 grupos de doenças, que cobrem 53 enfermidades.

O grupo de doenças agora inclui fenilcetonúria e outras hiperfenilalaninemias; hipotireoidismo congênito; doença falciforme e outras hemoglobinopatias; fibrose cística; hiperplasia adrenal congênita; a deficiência de biotinidase; a toxoplasmose congênita; as galactosemias; aminoacidopatias; distúrbios do ciclo da ureia; distúrbios da betaoxidação dos ácidos graxos; doenças lisossômicas; imunodeficiências primárias e atrofia muscular espinhal.

A lei determina que as doenças definidas como parte do teste sejam revisadas periodicamente no âmbito do Programa Nacional de Triagem Neonatal, considerando evidências científicas e enfermidades com mais prevalência no país.

A norma estabelece ainda que profissionais de saúde, ao fazer os exames, expliquem a importância do Teste do Pezinho e as diferenças entre os procedimentos nas redes pública e privada. Realizado com a coleta de gotas de sangue dos pés do recém-nascido entre o terceiro e o quinto dia de vida, o exame ajuda a diagnosticar algumas doenças genéticas e metabólicas.

O novo Teste do Pezinho começará um ano após a sanção da lei, ocorrida na semana passada. De acordo com o Ministério da Saúde, os prazos de implantação serão definidos em uma regulamentação, que ainda está sendo discutida no âmbito da pasta. O decreto com essas regras será editado dentro do prazo de um ano para o início da vigência.

A aprovação da lei e a ampliação do Teste do Pezinho vão trazer uma série de benefícios, diz a advogada Amira Awada, vice-presidente do Instituto Vidas Raras, que coordena uma campanha sobre o tema. “Foi uma grande vitória, pensando em todas as crianças que vão ter chance de diagnóstico precoce e qualidade de vida, um futuro que elas quiserem, e não definido por uma doença.”

Daqui para a frente, acrescenta Amira, o desafio será assegurar que a implementação das obrigações ocorra de forma satisfatória. “Hoje nosso trabalho muda para verificar se esses prazos estão sendo cumpridos e como podemos ajudar o Ministério da Saúde nessa organização,” pondera. 

Comentários
`
Publicidade
Coopchamar faz orientação ambiental para promover a separação do material reciclável

De porta em porta. É assim que as integrantes da Coopchamar fazem o trabalho de orientação ambiental, que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de separar do lixo comum o material reciclável. Além de preservar o meio ambiente, a prática também garante o sustento de 20 famílias, que hoje integram a Cooperativa em Chapada dos Guimarães. Saiba mais: ...

Ser Família inicia troca dos cartões de beneficiários após contratar nova empresa

O Governo de Mato Grosso começou a entrega dos novos cartões do Programa Ser Família Emergencial nesta segunda-feira. Conforme a Secretaria Municipal de Assistência Social de Chapada dos Guimarães, um mutirão será realizado para que os beneficiários sejam atendidos o mais rapidamente possível. No entanto, ainda não há data marcada para a entrega dos cartões no município. Confira: ...

Sema autua Usina de Manso por mortalidade de peixes

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente autuou a Usina Hidrelétrica de Manso após constatar que peixes, em sua maioria curimbatás, foram mortos por possível erro na manobra dos geradores da usina. Moradores da região ficaram indignados ao perceber os diversos peixes mortos boiando no Rio Manso. Os animais sofreram dilacerações, perdendo escamas e cabeças. Confira: ...