Chapada dos Guimarães, Domingo, 22 de Maio de 2022
TV Chapada Canal 7
Chapada dos Guimarães, Domingo, 22 de Maio de 2022

TV Chapada Canal 7

Chapada dos Guimarães, Domingo, 22 de Maio de 2022

TV Chapada Canal 7

Notícia

Farmacêutica diz à CPI que faturou 8 vezes mais em 2020 com 'kit Covid'

TV Chapada Canal 7 - Farmacêutica diz à CPI que faturou 8 vezes mais em 2020 com 'kit Covid'

A farmacêutica EMS informou à CPI da Covid no Senado que faturou R$ 142 milhões com medicamentos do "kit Covid" em 2020, valor oito vezes superior ao registrado no ano anterior. Apenas a soma com a venda de ivermectina foi de R$ 2,2 milhões para R$ 71,1 milhões na pandemia.

O laboratório também produziu azitromicina, hidroxicloroquina e nitazoxanida, medicamentos ineficazes contra o vírus, mas que se tornaram bandeira do presidente Jair Bolsonaro na crise sanitária.

Em 2020, Bolsonaro pediu para o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, liberar a exportação de insumos para a fabricação de hidroxicloroquina pela Apsen e EMS. A interferência de Bolsonaro está na mira da comissão.

A EMS também disse que faturou R$ 20,9 milhões com a venda de hidroxicloroquina em 2020, cerca de 20 vezes mais do que no ano anterior, quando não havia a pandemia.

Os dados enviados à CPI ainda mostram que a EMS produziu cerca de 9 vezes mais comprimidos das drogas do "kit Covid" no primeiro ano da pandemia. A empresa enviou os dados na noite desta quarta-feira (16), a pedido do presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM).

Há requerimentos na CPI tanto para convocar Carlos Sanchez, presidente do conselho de administração do Grupo NC, detentor da EMS, como para quebrar o sigilo telefônico, telemático, fiscal e bancário do empresário.

Depois da ivermectina, o maior faturamento da EMS em 2020 com medicamentos do "kit Covid" foi com a Azitromicina (R$ 46,2 milhões), hidroxicloroquina (R$ 20,9 milhões) e nitazoxanida (R$ 3,67 milhões).

Bolsonaro estimula o uso destes medicamento para a Covid. Ele mesmo repete que usou o kit e chegou a apontar uma caixa de hidroxicloroquina para uma ema que vive no Palácio da Alvorada.

Após participar de um passeio de moto com apoiadores no último dia 12, em São Paulo, o presidente citou o medicamento e disse que "não faz mal nenhum" usá-lo.

Em ofício enviado à CPI a empresa ainda informou que apoiou estudos científicos que avaliaram o uso da hidroxicloroquina para covid-19.

"A primeira pesquisa apoiada pela Companhia foi publicada em 23.07.2020, no New England Journal of Medicine, e concluiu que o uso de hidroxicloroquina, sozinha ou associada com azitromicina, não mostrou efeito favorável na evolução clínica de pacientes adultos hospitalizados com formas leves ou moderadas de Covid-19", disse a EMS.

A farmacêutica afirmou que divulgou o resultado dos estudos e alertou o público de que a hidroxicloroquina só deve ser usada sob prescrição médica. A empresa também disse que divulgou a falta de "respaldo científico" sobre a eficácia da droga contra a Covid.

A empresa também disse a CPI que de janeiro a maio de 2021 faturou R$ 11,85 milhões com a hidroxicloroquina. Além disso, projeta mais R$ 19,21 milhões com a droga até dezembro.

Na pandemia, Bolsonaro apostou no uso dos medicamentos do kit covid, contrariando recomendações de entidades como a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Apenas o Laboratório do Exército fez mais de 3,2 milhões de comprimidos da cloroquina. A produção anterior neste órgão havia sido de 256 mil unidades, em 2017.

Além disso, o governo recebeu uma doação de 3 milhões de comprimidos de hidroxicloroquina do governo dos Estados Unidos, em 2020.

A insistência de Bolsonaro pela adoção dos medicamentos do "kit Covid" como política pública ainda levou a saída de dois ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Nelson Teich.

Logo ao assumir a Saúde, em maio de 2020, o general Eduardo Pazuello atendeu a pedido do presidente e editou uma nota do ministério orientando o uso da hidroxicloroquina logo aos primeiros sintomas da pandemia.

Já o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse à CPI que o uso precoce destes fármacos influencia "muito pouco" no curso da pandemia. "Se eu ficar aqui discutindo a discussão do ano passado, eu não vou em frente", disse o ministro no último dia 8 aos senadores.

Comentários
`
Publicidade
Coopchamar faz orientação ambiental para promover a separação do material reciclável

De porta em porta. É assim que as integrantes da Coopchamar fazem o trabalho de orientação ambiental, que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de separar do lixo comum o material reciclável. Além de preservar o meio ambiente, a prática também garante o sustento de 20 famílias, que hoje integram a Cooperativa em Chapada dos Guimarães. Saiba mais: ...

Ser Família inicia troca dos cartões de beneficiários após contratar nova empresa

O Governo de Mato Grosso começou a entrega dos novos cartões do Programa Ser Família Emergencial nesta segunda-feira. Conforme a Secretaria Municipal de Assistência Social de Chapada dos Guimarães, um mutirão será realizado para que os beneficiários sejam atendidos o mais rapidamente possível. No entanto, ainda não há data marcada para a entrega dos cartões no município. Confira: ...

Sema autua Usina de Manso por mortalidade de peixes

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente autuou a Usina Hidrelétrica de Manso após constatar que peixes, em sua maioria curimbatás, foram mortos por possível erro na manobra dos geradores da usina. Moradores da região ficaram indignados ao perceber os diversos peixes mortos boiando no Rio Manso. Os animais sofreram dilacerações, perdendo escamas e cabeças. Confira: ...